TIO: 30 anos a voar pelas emoções

Esta viagem pelo mundo mágico do espectáculo dura há 30 anos.
Uma viagem que começou a pé mas hoje, já de avião e em velocidade de cruzeiro.
Nem sempre os caminhos são isentos de percalços.
Deparámo-nos com rotas difíceis e complicadas. Mesmo hoje, às vezes, há alguma turbulência.
Mas a sofisticação dos “instrumentos de navegação”, num processo de evolução de 30 anos, permite-nos chegar sempre, ou na maioria das vezes, ao destino do sucesso.

Mas as viagens não se fazem sem passageiros que são a razão primordial para a existência da nossa arte de viajar pelo mundo mágico do Teatro.
Embora a viagem possa ter ainda muitas milhas para fazer, muitos Kms para galgar, é mais do que justo e merecido agradecer.

Agradecer ao Público, à C.M.O. e a Oeiras.
Ao público pela razão de sermos quem somos e por cada presença e/ou aplauso que são um genuíno bálsamo para a concretização artística do Actor.
À C.M.O. pela sua determinação em apoiar a Cultura, em acarinhar e reconhecer o valor artístico e cultural do TIO.
A Oeiras, por ser a nossa casa, da qual levantámos voo e nunca trocámos por outra base.
Deste trio – público, C.M.O. e Oeiras - resulta o estímulo necessário para continuarmos a fazer mais e melhor pelo Teatro, pela Cultura, pelos Artistas, pelo Público, por Oeiras, pelos valores universais da humanidade.

OBRIGADO 30 ANOS!